Pep Talk 2008: Gayle Brandeis

Introdução

O QG do NaNoWrimo presenteou os participantes em 2008 com 9 mensagens de escritores consagrados, os famosos Pep Talks ("conversas estimulantes" ou orientações da equipe de apoio para que um concorrente se saia bem na disputa), com dicas para vencer obstáculos na escrita, abusando da criatividade e profissionalismo para levantar o astral dos aspirantes a escritor. O ebook com os Pep Talks de seis anos anteriores - 80 páginas em PDF - é vendido no site do NaNoWrimo mas, como participei (e venci) este ano, vou traduzir e postar todas que recebi. Os posts serão em dezembro, nos mesmos dias em que foram enviadas por email, originalmente, em novembro. Como não sou tradutor profissional, apesar da boa intenção e esmero, podem aparecer erros e agradeço a quem sugerir correções. A ordem dos Pep Talks será:
  1. Jonathan Stroud (dia 5)
  2. Philip Pullman (dia 7)
  3. Katherine Paterson (dia 12)
  4. Meg Cabot (dia 14)
  5. Janet Fitch (dia 20)
  6. Gayle Brandeis (dia 22)
  7. Nancy Etchemendy (dia 25)
  8. Piers Anthony (dia 30)
  9. Kelley Armstrong (dia 3 - post-event)

Tradução (por Jefferson Luiz Maleski)

Caro escritor NaNoWriMo,

A metáfora da escrita-como-um-parto não é nova, talvez seja até usada demais - mas não posso deixar de pensar nela este mês. Não importa se você é mulher ou homem, você está grávido de um romance - parabéns!

Claro que, um mês é um período bastante curto para a gestação, mas ei, isso é o tempo suficiente que os coelhos precisam, e o NaNo certamente exige um ritmo "sem tempo para dizer olá, adeus", alucinado como o Coelho Branco [de Alice no País das Maravilhas].

Lembro-me de forma surpreendente quando eu estava grávida dos meus filhos - cada dia, o meu corpo se transformava em algo novo. Neste mês, você está se transformando também, passando de um aspirante a escritor a romancista, de alguém que queria escrever a alguém que está fazendo o duro e interessante trabalho de procriar palavras em uma página. Você já aprendeu coisas novas sobre o processo criativo, sobre a profundidade da sua imaginação, sobre os temas e imagens centrais para a sua vida subconsciente. E mesmo que você esteja muito atrasado na contagem de palavras, mesmo que você só tenha escrito a primeira cena do romance, mesmo assim deu um grande salto. Você é um escritor agora. Quão assustador é isso?!

Se a sua experiência é um pouco como foram as minhas experiências NaNo, este tem sido um tempo de alegria e frustração, inspiração e desespero (e, espero, de grandes fatias de torta de abóbora!) Uma viagem a partir da primeira emoção da concepção, através de momentos em que a história parece incômoda e pesada, às vezes ela chuta dentro de você e te enche de medo. E agora o fim, a sua data-limite está na mira - pelo menos no calendário. Você agora não está só grávido, está em trabalho de parto.

Na verdade, você provavelmente está no que as parteiras chamam de fase de transição - o ponto em que as contrações chegam mais rápidas e furiosas, e você está quase pronto para começar a empurrar o seu livro bebê, inteiro, para o mundo exterior. Algumas pessoas ficam com um ímpeto de energia nesta fase, um super-homem surge neles para impulsionar o nascimento - uma onda maluca de palavras, uma baderna de cenas que parecem escrever os seus próprios clímaces. Outras pessoas, quando chegaram nesta fase, de repente sentem como se estivessem indo para a morte. Como se não pudessem continuar. Como se eles não soubessem porque quiseram ter um bebê ou inscrever-se no NaNoWriMo, em primeiro lugar. Se você puder respirar através deste período de transição, caso você encontre uma maneira de silenciar as vozes críticas e irritantes e seguir em frente, a sua história vai finalmente encontrar o caminho para o ar claro e oxigenado (mesmo que depois de 30 de novembro).

Veja se pode usar este último intervalo de tempo como um intervalo para a sua criatividade, para tentar algo novo e divertido com a linguagem, para permitir que os seus personagens te surpreendam, para deixar você surpreso com você mesmo. Nunca se esqueça da criação audaciosa que você está fazendo. Como Margaret Atwood disse, "Uma palavra depois de outra / depois de uma palavra é poder." Você tem a força criativa dentro de você. Você está preparado para dar à luz um mundo novo completo.

Parabéns novamente!

Gayle Brandeis

Gayle Brandeis é autora do livro Self Storage e House of Dead Birds. Você pode ler mais sobre ela e sua obra visitando o seu website (em inglês).

Leia também o texto original em inglês.
Postar um comentário