Postagens

Resenha de A Metamorfose, de Franz Kafka

Imagem
Os bons livros têm a capacidade de proporcionar o prazer ao leitor de se deparar com uma nova obra a cada releitura. Não é que o livro tenha mudado, é o leitor quem mudou, conforme as novas experiências e conhecimentos que acrescentou à sua cultura e vivência. A Metamorfose, de Kafka, dispensa apresentações, por ser um dos livros mais lidos, conhecidos (mesmo por aqueles que não o leram) e influentes do século XX. Eu já havia lido ele duas vezes, além das duas versões em quadrinhos, mas nunca havia interpretado a história como desta vez. E é bem possível que na próxima releitura apareça uma nova interpretação, e assim por diante. 
Um aspecto do livro que sempre me perturbou era como a família e outras pessoas (gerente, empregadas e locatários), e até o próprio protagonista, encaram com a maior naturalidade a transformação de Gregor Samsa em um “inseto monstruoso”. Eles reagem com repulsa, raiva e até com comiseração, mas nunca acham aquilo anormal. Apesar de esta ser uma das caracter…

O homem versus o cachorro

O homem, levantando o pedaço de pau, desafia o cachorro:

 - Me convença que os animais possuem alma e eu te deixarei viver.

O cachorro, encolhido e assustado, responde:

- Me deixe viver e eu me convencerei de que os homens a têm.

A parte de mim com cheiro de ti

Imagem
Aquele espaço sem nome aquecido Entre meu ombro e peito  Em que suam teus cabelos dormentes  As pontas dos dedos que delineiam os seios, o sexo  Brutalizado quando sai de ti  A saliva misturada com gozo  Encharcando meu corpo, ou tão-somente  Impregnando o olfato da memória.

O primeiro dia depois do fim do mundo

Imagem
Viu-se subindo uma pastagem e, ao sentir o vento em sua barba, imaginou ser um viking. Sorriu de leve com o pensamento e para coroá-lo soltou um grito, bárbaro, másculo, insano. Ao longe, ouviu o barulho de cães brigando por algo, provavelmente uma carcaça. Mudou de rumo caminhando para o outro lado, não vira nenhum corpo há dois dias e não desejava zerar a contagem. Ao chegar no alto do morro, avistou uma fazenda, com casa, curral e paiol. Agachou-se, arrancou uma haste de capim e a colocou na boca, mastigando enquanto observava enquanto pensava. Isto apaziguava o seu medo de prosseguir. Pensava ser o homem mais sortudo da Terra, por ser o único sobrevivente, ou o homem mais azarado da Terra, por ser o único sobrevivente. Não sabia o que temia mais encontrar: um morto, um vivo ou um morto-vivo. Se bem que só havia encontrado do primeiro tipo há semanas. Depois de um tempo, como nada se movera, ele resolveu se mover em direção à sede. A necessidade o forçava, precisava reabastecer as…

Aforismos 2016

Só existe um tipo de mulher que não reclama do seu homem. São conhecidas como lésbicas.

Os alienados fazem a alegria dos não alienados e vice-versa.

Nenhum amor é insubstituível.

Para os paranoicos as suas paranoias são realidade e para os realistas as realidades dos outros são paranoias.

Só depois de descumprir uma regra é que se apreende porque ela existe.

Não é que o curso de Direito ensine aos acadêmicos a saberem as respostas a todas as perguntas que existem, mas ele ensina a responderem a todas as perguntas profissionalmente como se soubessem.

Eu só tenho dois neurônios e eles estão transando nesse momento.

Quanto mais eu fujo de mim mais esbarro comigo por aí.

Se a voz do povo é a voz de Deus, significa então que o discurso d'Ele é analfabeto, ignorante, sem oratória e manipulável?

Enquanto reclamar é a lebre dos preguiçosos, solucionar é a tartaruga dos zelosos.

Todo aquele que ama acha que o seu amor é a 8ª maravilha do mundo, a maior manifestação do sentimento que jamai…

As Vinhas da Ira, de John Steinbeck

Imagem
Há que se ter medo da hora em que o homem não mais quiser sofrer e morrer por um ideal, pois que esta é a qualidade básica da humanidade, é a que a distingue de tudo o mais no universo.

A gente podia viver mil vidas ao mesmo tempo, mas no final só pode escolher uma. É demais pensar com antecedência em como tudo poderia vir a ser. Você pode viver no futuro, porque é muito jovem ainda, mas para mim o futuro se resume na estrada que corre debaixo dos nossos pés.

Não force a fé até à altura do voo dos pássaros e não rastejará como os vermes.

Não existe pecado nem virtude. Só existe aquilo que a gente quer fazer. Tudo faz parte da mesma coisa. Algumas coisas que a gente faz são boas e outras não prestam, mas isso está na cabeça de cada um.

As mulheres se acostumam mais depressa que os homens. Uma mulher tem a vida toda nos braços, o homem tem ela na cabeça.

Sempre que um homem tivesse um pouco de dinheiro podia embriagar-se. Aí acabavam-se as arestas, e tudo era quente, confortador. Aí …