Vocêu pensando em

Me sinto sento em você me envolve acaricia nina reclina estico as pernas descanso a cabeça em um braço abraço confortável.

Ligo teus olhos viajo vejo o mundo mundos possibilidades cores sabores odores.

Não me sai da cabeça a música que toca ao dizeres eu te amo eu te como te amo.

Teu calor sabor me alimenta com pratos cozidos assados até requentados.

Aberta a porta das brigas sai luz frio cheiro de queijo que belisco melhor dormir.

Mostro minhas cartas sempre pra você me bater me levar me ganhar.

Se me beija na posição inverno me esquenta na verão refresca.

Na sua face a minha refletida diz que me gostassim bruto homem sem barbear.

Você se guarda se renova dentro de ti encontro o que preciso dentro de mim.

Matéria-prima de sonhos deito você está ali a ausência do teu calor me acorda.

Sem você minha casa bate vazia.


Lucas olhou a sombra: 
meio-dia e trinta e quatro e uma certeza: 
só o cristão viu.

20 a 28 de Julho - Semana do Livro Nacional

     

20 a 28 de Julho - Semana do Livro Nacional. Criada em 2013 para divulgar e promover autores e livros contemporâneos nacionais, com eventos em diversas cidades do país. Também são feitos vários descontos e promoções.

Conheça outras datas comemorativas relacionadas à literatura clicando aqui.

Parousia

A janela abre preenchendo o escritório com a brisa fria que anuncia o fim do outono. Pelo beiral, passam primeiro alguns gemidos, uma pequena mão e, por fim, uma cabeça curiosa. Que olha com cuidado para os móveis da sala vazia, mas o que mais importa não vê. Com uma agilidade ousada que só os jovens ousam possui, pula no recinto, bate as mãos na roupa e volta-se para a janela.

Me dá a sua mão, Ashley, deixa eu te ajudar.

A segunda intrusa solta um pequeno ai ao entrar: esfolou o joelho na escalada e um pequeno traço vermelho tatua a pele rosada. Toda aventura cobra o seu preço em dor.

O que fazemos agora, ela pergunta.

Procure algo que possa ser útil, mas por favor não faça barulho.

Estou com medo, Jhonny.

Eu também, irmãzinha, mas precisamos descobrir a verdade.

As crianças iniciam a busca – ele nos papéis espalhados pela escrivaninha, ela nos objetos postos na mesa em frente aos sofás – até Ashley se distrair ao encontrar uma fruta. A pequena estava com fome e não resiste à tentação de experimentar o sabor de algo que não devia. Enquanto isso, Jhonatan força uma gaveta. Deve estar aqui, murmura. Trancada. Mas o garoto sabe aonde a chave está. Corre até a estante e ergue a estatueta de cobra armando o bote. Retorna com a chave à sua busca. Ao abrir a gaveta, seus olhos brilham ao encontrar as cartas enviadas pelo pai. São várias páginas, que ele deposita cuidadosamente sobre a escrivaninha. A irmã, com mãos e boca lambuzadas pela lembrança de algo que já não existe, aproxima-se.

É o que estou pensando que é?

Sim, nós encontramos.

Jhonatan lê uma das cartas e depois passa para a irmã. Muita coisa havia escutado antes, mas de outra forma. Acabam ficando mais tempo do que deviam e só percebem o erro quando ouvem o barulho das chaves e a porta se abrir. Uma mulher de vestido e olhos negros e rígidos e longos adentra o cômodo.

Eu sabia que mais cedo ou mais tarde vocês viriam aqui, mesmo eu tendo proibido veementemente. Estão cientes que serão severamente punidos por esta atitude? Eu não perdoarei nenhum delito desta natureza.

Ashley abaixa a cabeça, coçando os olhos. Jhonatan não.

Senhora Margareth, acabei de ler coisas bem interessantes que nunca nos contou antes.

Vocês não tinham o direito de entrar aqui, ela responde impassível, trincando os dentes.

Nos explique porque não, já que este é o escritório de nosso pai e a senhora apenas trabalha para ele.

Ele não lhes deu permissão e, enquanto estiver fora, eu sou a única autorizada a ler as cartas.

Mas ele escreveu as cartas para nós e não para a senhora. E a senhora as está usando para o seu proveito pessoal, para controlar a mim e minha irmã, para se apropriar dos nossos bens e para limitar as nossas ações, pensamentos e sentimentos. Eu já desconfiava que algo estava errado, mas agora tenho certeza.

A mulher suspira fundo e dirige-se pausadamente ao sofá.

Vocês dois são muito novos para entender e eu tive de fazer para o bem de vocês. Crianças, sentem-se aqui, por favor, pois tenho algo a contar que temo não irão gostar.

O tempo esquenta o suficiente para que alguns raios de sol ultrapassarem as janelas e encontrem três pessoas sentadas em silêncio. A menina chora. O garoto olha para os papéis com um misto de dúvida e raiva estampados no rosto.

Foi a senhora quem as escreveu? Por que?

Sim, ela responde, fui eu. Precisava de alguma ferramenta para vocês confiarem em mim. Para me obedecerem. E para terem um pouco de esperança. Posso ter me aproveitado um pouco da situação, confesso e peço que me perdoem, mas o fiz pensando no melhor modo de administrar esta casa.

Quer dizer que papai não voltará mais? pergunta a garota, fungando.

Sinceramente, minha criança, eu não faço ideia, mas não era como se ele estivesse aqui conosco quando eu lia as cartas para vocês? Me digam o que vocês preferem que eu faça de hoje em diante: devo abandonar as cartas e o fingimento ou continuamos como sempre foi e esquecemos tudo o que aconteceu nesta tarde?

Os irmãos se entreolham e se abraçam forte. Juntos, respondem que o melhor é que tudo continue como estava.

Nunca Subestime o Rancor de uma Mulher

Quando se fala em romance de capa-e-espada o primeiro título lembrado é Os Três Mosqueteiros, do francês Alexandre Dumas. E, comprovando que não é de hoje a tendência a trilogias, o livro publicado em 1844 teve duas sequências devido ao seu enorme sucesso: Vinte Anos Depois (1845) e O Visconde de Bragelonne (1850), este último trazendo a famosa sub-história O Homem da Máscara de Ferro. Chamo de sub-história pois a profusão de várias aventuras em sequência é um dos pontos altos desse tipo de literatura que, tal qual Dom Quixote, de Miguel de Cervantes, coloca o leitor como que acompanhando uma novela na tevê.

Dumas mistura personagens históricos reais como os reis da França Luís XIII e Ana de Áustria, o Cardeal Richelieu e o Duque de Buckingham com personagens fictícios como D’Artagnan, Athos, Porthos e Aramis. Contudo, dos personagens inventados, é impossível não se fascinar com a Milady de Winter, que rouba a cena em diversos capítulos. Espiã do cardeal, ela é ludibriada por D’Artagnan e lhe jura eterna vingança. Suas palavras soariam como mero rancor feminino se ela não fosse uma das vilãs mais perigosas, sedutoras e inteligentes em toda a literatura, o arquétipo da mulher fatal. O jovem aventureiro se arrepende amargamente e passa o resto do livro tentando salvar sua vida das armadilhas de Milady.

No cinema, a vilã foi interpretada pelas divas Edith Méra (1932), Antonella Lualdi (1969), Faye Dunaway (1973 e 1974), Kim Cattrall (1989), Rebecca De Mornay (1993), Arielle Dombasle (2004) e Milla Jojovich (2012), em muitos filmes cujo nome Milady consta no título, tal a sua importância no enredo.

Retirando as tendências sociopatas da personagem – de não se proibir nada para alcançar seus objetivos – pode-se dizer que Milady é uma mulher à frente do seu tempo: é independente profissional e sexualmente em uma época onde só algumas mulheres (da realeza, quando muito) o eram, é ela quem escolhe os homens, as aventuras e os aliados que deseja; é temida e respeitada por aliados e inimigos; sabe usar como ninguém ferramentas essencialmente femininas, como o charme, a sedução e o engodo, tanto para atacar quanto para se defender. Muitos leitores que se apaixonaram por ela afirmam que sem a sua presença Os Três Mosqueteiros seria apenas mais um romance narrando bravatas masculinas, sem que, sob a superfície, fosse também um romance de flerte, adagas e veneno.

Esta resenha é fruto da parceria com o Empório Gourmet e sua nova seção "Livros que Merecem Bons Vinhos".

Encontre os melhores preços do livro no
Buscapé

Resoluções Literárias para 2013 #3

Em dezembro de 2012, estipulei algumas resoluções literárias para este ano. Agora chegou a hora do balanço de meio de ano para descobrir à quantas anda o cumprimento das metas. Foram 5 metas, com 3 OK, 1 Maioumeno e 1 Na traaaave. Então vamos à elas.

  • Continuar a ler 50 páginas por dia
OK! Já tendo lido 11.733 páginas estou com a média de 65 páginas por dia. Tive uma caída no mês de abril aonde fiquei quase duas semanas sem ler nada, e todos sabem o quanto é difícil voltar ao ritmo depois de estar parado. Um pouco do meu desinteresse jogo a culpa no livro Liberdade, de Jonathan Franzen, que apesar de ser bem escrito e trazer assuntos atuais, é de leitura lenta, cansativa e muitas vezes chata.

  • Ler 1 calhamaço de pelo menos 500 páginas por mês
OK! A boa notícia é que consegui cumprir a meta, mas a ruim é que além dos 41 calhamaços que eu já tinha na minha biblioteca adquiri outros em 2013, sendo que li 4 dos que tinha e 2 dos novos. Já me despedi dos livros lidos e os mesmos não moram mais comigo. São eles:

1. O Nome do Vento - Patrick Rothfuss - 656 páginas - Sextante (JANEIRO)
2. O Temor do Sábio - Patrick Rothfuss - 960 páginas - Sextante (FEVEREIRO)
3. Anna Kariênina - Liev Tolstói - 814 páginas - Cosac Naify (MARÇO)
4. Liberdade - Jonathan Franzen - 618 páginas - Companhia das Letras (ABRIL)
5. Os Três Mosqueteiros - Alexandre Dumas - 510 páginas - Nova Cultural (MAIO)
6. A Divina Comédia - Dante Alighieri - 696 páginas - Editora 34 (JUNHO)


  • Ler todos os livros que ganhei de presente nos 2 últimos anos
Maioumeno! Se tinha por volta de 10 livros ganhados em 2012 e acrescentando os que ganhei em 2013, o ritmo dessa meta está abaixo do que devia (pelo menos 5 livros). Mas ainda dá tempo pra recuperar.

24. diálogos impossíveis (2012) - luis fernando verissimo - 176 pgs - bom (MARÇO)
37. o jogo do exterminador (1985) - orson scott card - 380 pgs - excelente (MAIO)


  • Comprar só 6 livros por mês
OK! Que fique claro que me refiro à livros para leitura, já que os que compro para revenda são os que me sustentam literariamente falando. A média ficou em 6,33 livros por mês e só não ficou menor graças às promoções do Submarino, esse safado. Mas, como agora ando me controlando um pouco mais, tomando remédios, fazendo terapia... creio que consiga vencer esta meta até o final do ano.

Janeiro: 9 livros
Fevereiro: 14 livros
Março: 1 livro
Abril: 3 livros
Maio: 8 livros
Junho: 3 livros


  • Ler pelo menos 12 livros de literatura brasileira
Na traaaave! Li 5 dos 6 que deveria, e destes apenas 2 estão na lista das 120 opções que me propus a seguir.

6. memórias póstumas de brás cubas (1880) - machado de assis - 332 pgs - regular (JANEIRO)
13. estorvo (1990) - chico buarque - 152 pgs - regular [ebook] (FEVEREIRO)
25. carta a el-rei d. manuel sobre o achamento do brasil (1500) - pero vaz de caminha - 156 pgs - bom [ebook] (MARÇO)
32. ed mort: todas as histórias (2011) - luis fernando verissimo - 80 pgs - excelente (ABRIL)
49. o vampiro de curitiba (1965) - dalton trevisan - 128 pgs - bom (JUNHO)


Volto em dezembro para o balanço final e completo das resoluções 2013 e já planejando as para 2014.

Minhas Leituras - Junho 2013


11 livros = 1757 páginas

44. o grande gatsby (1925) - f. scott fitzgerald - 256 pgs - excelente [releitura]
45. os 25 melhores poemas de charles bukowski (1960-1992) - charles bukowski - 170 pgs - regular
46. as vespas (422 a.C.) - aristófanes - 88 pgs - bom
47. as aves (414 a.C.) - aristófanes - 98 pgs - muito bom
48. as rãs (405 a.C.) - aristófanes - 94 pgs - excelente
49. o vampiro de curitiba (1965) - dalton trevisan - 128 pgs - bom
50. a divina comédia: inferno (1304-1308) - dante alighieri - 232 pgs - excelente
51. o clube dos suicidas (1878) - robert louis stevenson - 128 pgs - muito bom
52. a divina comédia: purgatório (1307-1313) - dante alighieri - 224 pgs - excelente
53. arte e letra: estórias U (2013) - diversos autores - 100 pgs - bom
54. a divina comédia: paraíso (1313-1321) - dante alighieri - 239 pgs - muito bom

A Jornada Humana em Três Atos

Não existe leitor de A Divina Comédia, de Dante Alighieri, que não se maravilhe com a abrangência e profundidade da obra. É um prato finíssimo, que deve ser degustado tanto por católicos, evangélicos quanto por ateus. Isso porque os cem cantos ultrapassam as definições religiosa, poética, épica, mitológica, histórica e filosófica quando adentram no aspecto humano. É o que a torna uma obra-prima universal. Os famosos três livros que a compõem – Inferno, Purgatório e Paraíso – representam mais que os mundos além da morte: são as fases vividas pelos humanos enquanto aqui na Terra. Alguns passarão as três fases, outros estacionarão em uma delas e dali não sairão. E não, as fases não estão vinculada à idade biológica, mas à vivência e atitude de cada um.

O Inferno mostra como a Lei de Talião, ou o Carma, retorna em consequências – mediatas ou imediatas – os erros e maldades intencionais. Independente do status, da fama, do poder, um dia há que se colher o bem ou mal plantados. É a lei da natureza, a lei do universo. Existem tormentos que se pode sofrer em vida que tornarão a existência um suplício, um verdadeiro inferno. Já o Purgatório traz a esperança de que todos possuem uma segunda chance. Nunca é tarde demais para mudar, para fazer a coisa certa, para ser uma pessoa melhor. Mesmo que mudar de rumo exija tempo e esforço extras, também trará benefícios a curto, médio e longo prazos. Por fim, no Paraíso estão os que têm consciências e sentimentos em paz. Mesmo que enfrentem situações adversas, injustas ou catastróficas, estas não vão diminuir o prazer de viver. Lembrarão o que dizia o antigo sábio: “Vós sois deuses, mas se esqueceram disso”.

Mas se engana quem pensa ser a leitura de A Divina Comédia fácil. Afinal, nada que vale realmente a pena é fácil. Mas é recompensadora. É um livro a ser relido diversas vezes na vida. Diz a lenda que a parte em que o leitor parar na leitura é aonde está predestinado a ir após a morte. Soa mais como um incentivo a se terminar de ler a obra toda, mas eu estenderia a lenda. Talvez o livro demonstre o momento, a fase da vida, em que alguém se encontra e que racionalmente não percebe. Por isso, o leitor corajoso a “abandonar todas as esperanças ao atravessar essa porta” deve ficar atento, sensível, afim de captar a mensagem que a obra trará diretamente para ele.

Esta resenha é fruto da parceria com o Empório Gourmet e sua nova seção "Livros que Merecem Bons Vinhos".

Encontre os melhores preços do livro no
Buscapé

Filmes & Séries Vistos - Junho 2013

24 filmes
4 séries
4 shows

101. shame - inglaterra, 2012 - bom
102. velozes e furiosos 6 (fast & furious 6) - eua, 2013 - muito bom
103. jack, o caçador de gigantes (jack the gigant slayer) - eua, 2013 -regular
104. [série] da vinci's demons: 1ª temporada - eua, 2013 - bom
105. zero - austrália, 2010 - regular
106. um menino e seu átomo (a boy and his atom) - eua, 2013 - bom
107. segredos de sangue (stoker) - eua, 2013 - excelente 2x
108. o lugar onde tudo termina (the place beyond the pines) - eua, 2013 - bom
109. [show] the police: in concert live at tokyo dome - inglaterra, 2008 - bom
110. se beber, não case! parte 3 (hangover part 3) - eua, 2013 - ruim
111. o grande gatsby (the great gatsby) - eua, 2013 - muito bom
112. olhos de ressaca - brasil, 2009 - regular
113. los gritones - espanha, 2010 - bom
114. noite de pesca (paranmanjang) - coréia do sul, 2011 - bom
115. e assim vou morrendo violentamente - brasil, 2012 - regular
116. as 7 mortes de pedro, o menino que coleciona crânios de vaca - brasil, 2012 - muito bom
117. [série] guerra dos tronos: 3ª temporada (game of thrones) - eua, 2013 - excelente
118. [série] a menina sem qualidades - brasil, 2013 - excelente
119. discovery grandes livros: diálogo sobre os dois máximos sistemas do mundo ptolomaico e copernicano (galileu galilei) - eua, 1997 - muito bom
120. ouija - brasil, 2010 - bom
121. colegas - brasil, 2012 - regular
122. frank e o robô (robot and frank) - eua, 2012 - muito bom
123. killer joe: matador de aluguel (killer joe) - eua, 2012 - bom
124. gatos, fios dentais e amassos (angus, thongs and perfect snogging) - eua, 2009 - bom
125. depois da terra (after earth) - eua, 2013 - regular
126. [show] dire straits live in basel 1992 - suíça, 1992 - muito bom
127. [show] peter gabriel: growning up live - inglaterra, 2003 - excelente
128. o homem de aço (man of steel) - eua, 2013 - bom
129. [série] the following - eua, 2013 - regular
130. [show] shakira rock in rio 2011 - brasil, 2011 - bom
131. chamada de emergência (the call) - eua, 2013 - regular
132. clube da luta (fight club) - eua, 1999 - excelente [re-visto]

Livros Adquiridos - Junho 2013


38 livros = -R$ 671,56

125. masnavi - jalaluddin rumi - dervish - r$ 96,80 - www.estantevirtual.com.br (vendido)
126. leilão do lote 49 - thomas pynchon - companhia das letras - r$ 73,89 - www.estantevirtual.com.br (vendido)
127. o oitavo mago - terry pratchett - conrad - r$ 55,64 - www.estantevirtual.com.br
128. a menina sem qualidades - juli zeh - record - r$ 38,07 - www.estantevirtual.com.br (lido)
129. o homem invisível - h. g. wells - alfaguara - troca - www.skoob.com.br
130. o clube dos suicidas - robert louis stevenson - rocco - troca - www.skoob.com.br (lido)
131. 13 dos melhores contos da mitologia - flavio moreira da costa (org.) - ediouro - troca - www.trocandolivros.com.br (lido)
132. o vampiro de curitiba - dalton trevisan - record - troca - www.trocandolivros.com.br (lido)
133. tudo é obvio desde que você saiba a resposta - duncan j. watts - paz e terra - troca - www.trocandolivros.com.br
134. o homem do castelo alto - philip k. dick - brasiliense - troca com amigo
135. marcovaldo - italo calvino - companhia das letras - troca com amigo
136. palomar - italo calvino - companhia das letras - troca com amigo
137. o último reino - bernard cornwell - troca - www.skoob.com.br
138. cão raivoso - stephen king - record - r$ 45,74 - www.estantevirtual.com.br (vendido)
139. hagakure - yamamoto tsunetomo - conrad - r$ 9,90 - www.skoob.com.br (vendido)
140. pais e filhos - ivan turguêniev - cosacnaify - r$ 46,00 - www.estantevirtual.com.br (trocado)
141. a coisa - stephen king - objetiva - r$ 59,35 - www.estantevirtual.com.br (vendido)
142. como roubar a espada de um dragão - cressida cowell - intrínseca - troca - www.skoob.com.br (lido) (vendido)
143. terapia: avareza - ariel dorfman - objetiva - troca - www.trocandolivros.com.br
144. o aprendiz de morte - terry pratchett - conrad - r$ 65,64 - www.estantevirtual.com.br
145. claraboia - josé saramago - cia das letras - r$ 10,54 - www.submarino.com.br (trocado)
146. claraboia - josé saramago - cia das letras - r$ 10,54 - www.submarino.com.br (trocado)
147. claraboia - josé saramago - cia das letras - r$ 10,54 - www.submarino.com.br (trocado)
148. claraboia - josé saramago - cia das letras - r$ 10,54 - www.submarino.com.br (vendido)
149. claraboia - josé saramago - cia das letras - r$ 10,54 - www.submarino.com.br (trocado)
150. hagakure - yamamoto tsunetomo - conrad - r$ 71,16 - www.estantevirtual.com.br
151. arte e letra: estórias U - diversos autores - arte e letra - r$ 16,50 - assinatura anual (lido)
152. metamorfoses - ovídio - hedra - r$ 24,28 - www.estantevirtual.com.br
153. persuasão - jane austen - zahar - troca - www.trocandolivros.com.br
154. como se faz uma tese - umberto eco - perspectiva - troca - www.skoob.com.br
155. claraboia - josé saramago - cia das letras - troca por defeito - www.submarino.com.br (trocado)
156. claraboia - josé saramago - cia das letras - troca por defeito - www.submarino.com.br (trocado)
157. claraboia - josé saramago - cia das letras - troca por defeito - www.submarino.com.br (vendido)
158. claraboia - josé saramago - cia das letras - troca por defeito - www.submarino.com.br (vendido)
159. claraboia - josé saramago - cia das letras - troca por defeito - www.submarino.com.br
160. tao em quadrinhos - chih chung tsai - ediouro - r$ 15,89 - www.estantevirtual.com.br
161. o curioso caso de benjamin button (hq) - f. scott fitzgerald - ediouro - troca - www.trocandolivros.com.br (relido)
162. coraline - neil gaiman - rocco - troca - www.skoob.com.br