Compreendendo as mulheres (ou não) - Parte I

- Meu bem, você me ama?

- Amo.

Pausa de um minuto.

- Mas você me ama quanto?

- Olha, eu amo você mais do que a mim mesmo. Sem você eu não sou ninguém. Você é o meu tudo, o meu céu, o meu mel...

Pausa de dois minutos.

Pausa de cinco minutos.

- Querida, o que foi?

- Não sei se quero namorar alguém que tenha uma auto-estima tão baixa.

5 comentários:

  1. ahahaha! Mulheres, mulheres. As incompreensíveis mulheres!rsrs... É que nós vemos " o todo", fazemos correlações inimagináveis, e às vezes vcs não acompanham!rsrs

    Abs,

    ResponderExcluir
  2. AHAHHAHAH!

    Se ele fizer o contrário, bem capaz de ela não gostar porque ele se pabula demais.


    Adoreiii.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Eu já disse: Mulher é pra amar, não para entender.
    Um abraço.
    Muito bom o conto.

    ResponderExcluir
  4. Maybe... why not?

    hahaha

    ;*

    ResponderExcluir

Isso aqui não é uma democracia. Portanto, escreva o que você quiser, mas eu publico somente os comentários que EU quiser.