Pior livro de 2007

Como não poderia deixar de ser, a maioria dos best-sellers entra na disputa. Afinal, para quem considera a escrita uma arte e procura por palavras que influenciem o pensamento, os livros publicados simplesmente para ganhar (muito) dinheiro não tem lá muito o que acrescentar. Tá certo que eu também leio - inclusive best-sellers - por diversão, mas quando um livro escrito exclusivamente para este fim não consegue nem isso é porque há algo errado.

Utilizei o mesmo critério na seleção do pior livro do ano que usei na escolha do melhor livro de 2007, só que invertido: o pior livro é o que menos mudou minhas idéias, influenciou minhas conversas e opiniões. Aquele que passei raiva várias vezes ao ler e a não indicar para os amigos. A experiência foi tão ruim que desanimei até mesmo de ler outros livros do autor. A minha mancada neste ano foi um best-seller norte-americano, emprestado por um amigo.

PIOR LIVRO LIDO EM 2007

Atlantis, de David Gibbins

A arte de escrever
Leia a resenha do livro clicando na imagem acima.

E você? Qual o pior livro que leu em 2007?
Postar um comentário