Missiotário

Um homem observava silenciosamente, parado ao portão de sua casa, um jovem vindo em sua direção.

- Bom dia, senhor. Hoje estou fazendo visitas domiciliares e é um prazer encontrá-lo em casa. O meu objetivo é simples, trago-lhe a oportunidade de salvar a sua alma. Tenho aqui comigo um folheto bíbl...

- Eu não acredito em alma.

- Ahn? Como assim, todos acreditam, até quem não é cristão acredita!

- Eu não acredito.

- E em quê o senhor acredita?

- Veja bem, se eu acreditasse em alma humana, obrigatoriamente teria de acreditar em alma animal, alma vegetal e alma mineral. Mas não. Ao invés disso, creio que todos somos um só ser. Não há divisões. Eu não acredito que o ser humano seja separado em três partes: corpo, alma e espírito. Também que seja separado de outros seres. O mesmo ar que existe entre nós dois, e que você considera que nos separa, eu considero que nos une. Não há divisões. E não acredito que sou alguém com existência finita, existindo somente entre duas datas, mas que sou um processo contínuo e eterno da natureza. A natureza se renova, a natureza me renova. Assim, eu existia antes de nascer e continuarei existindo depois de morrer, de outra forma, quer visível quer invisível.

- Mas a alma é o que nos diferencia dos animais.

- Você tem certeza? Já experimentou ligar a tevê em qualquer noticiário? Você já viu animais indo à guerra uns contra os outros? Matando sem que seja por necessidade vital? Ou humilhando, abusando e torturando outro animal da mesma raça? Eu sou capaz de afirmar, sem receio algum, que muitos animais parecem ter mais alma que o homem.

- O senhor pertence a alguma religião?

- Não, eu não acredito em religião. No lugar de onde eu venho não existem religiões.

- E onde fica isso?

- No futuro.

- Ah, tá! E vai me dizer que no futuro não existem religiões?

- Não.

- E por quê?

- Porque as religiões não são mais necessárias. Elas foram só uma etapa no longo caminho de evolução humana. Assim como antes das religiões existiam as superstições. Assim como depois das religiões existirá outra etapa. Quando uma etapa é ultrapassada, ela torna-se obsoleta. E sairmos da etapa religiosa trouxe inúmeras vantagens, como não sofrermos mais nas mãos de líderes manipuladores e carismáticos ou termos nossas vidas e consciências atormentadas à toa. Além do que, todas as grandes injustiças cometidas em nome da religião acabaram por completo.

- Ok, mas se o senhor é do futuro, o que veio fazer justamente aqui, numa época cheia de crenças diferentes das suas?

- Eu sou um dos muitos que retornaram para mudar a humanidade. Nós já nos espalhamos em diversos países, mostrando os malefícios das ideologias que, apesar de fortemente arraigadas hoje, amanhã serão como fumaça lançada ao vento.

- E o senhor pode provar que veio do futuro?

- Claro, é simples. Eu estudei o perfil de todos os que tenho de contatar para iniciar a revolução. Você é um deles, Moacir Constante. Eu estava te esperando aqui, neste portão, antes mesmo de você sair de casa.

- Mas eu acredito na alma e na religião e em Deus!

- Por enquanto. Tudo o que eu aprendi quando era criança foi pensado e escrito por você. Você é um dos fundadores na Nova Ordem Mundial e abriu a mente de milhares de pessoas contra os conceitos errôneos que existem atualmente. Por exemplo, foi você quem escreveu que Deus não é uma pessoa, mas o conjunto de tudo o que existe, incluindo eu e você.

Moacir ficou quieto por um momento enquanto o homem no portão o observava. Depois olhou para baixo, contou alguns paralelepípedos da rua, coçou o nariz, olhou para uma pequena joaninha que subia em uma folha úmida de grama, deu um suspiro profundo e disse:

- Se você não queria ouvir o que eu tinha a dizer era só ter me falado desde o começo, viu?

E, virando as costas, foi-se embora.

Desafio de escrita proposto no Duelo de Escritores com o tema "A Missão". Desta vez saí na frente da Daisy e da Jéssica. Mas isso não importou nada para elas escreverem bons textos.
Postar um comentário