Top Five 2012: as melhores SÉRIES vistas durante o ano

Das 22 séries que assisti em 2012, é fácil escolher quais se destacaram, para mim. Como sempre, as séries inglesas da BBC continuam sempre surpreendendo, pela originalidade e por adaptações literárias. Apesar de não entrarem nos Top5, um destaque especial vai para Grandes Esperanças (BBC, 2011) que me deixou com vontade de ler o livro do Charles Dickens, a 1ª e 2ª temporadas de Homeland (Showtime, 2011-), ótima adaptação americana da série israelense Prisioners of War, e a 2ª temporada de Guerra dos Tronos (HBO, 2011-), com a épica batalha de Blackwater. Apesar disso, não achei que estas três foram melhores que as cinco abaixo.




1. Black Mirror (Cinemax, 2011-). Nota IMDB: 8,5. O título "Espelho Negro" se refere à tela do monitor quando está desligado. Nada melhor para destacar uma série que critica a tecnologia, o mau uso e a dependência que temos dela. Com apenas três episódios, cada um contando uma história independente, você sente que o objetivo dos realizadores é te incomodar, te tirar do comodismo. E conseguem. Seja sentindo nojo, raiva ou indignação, ela te dá muito material para discussão. Parece que vai sair uma nova temporada em 2013. Veremos.


2. Suits: 2ª temporada (USA Network, 2011-). Nota IMDB: 8,9. Sou fã de séries que os roteiristas fazem uma evolução ascendente na estória, tornando-a cada vez mais interessante. Mesmo a 2ª temporada ainda não terminando (faltam quatro episódios que passarão em jan/fev de 2013) já garantiu estar no meu Top5. Quem diria que as reviravoltas e maracutaias dentro de um escritório de advocacia americano fossem praticamente uma guerra diária. Todos os amigos que a indiquei gostaram, menos um que justificou ser uma série só com gente bonita. Já eu não tenho nenhum problema com isso. Ah, Donna... Ah, Rachel...


3. Dexter: 7ª temporada (Showtime, 2006-). Nota IMDB: 9,1. Não tem jeito, os outros podem falar que Dexter caiu em qualidade, mas fã de carteirinha não liga. Ainda mais quando sei que na TV o Dexter é melhor que nos livros, não tem como não vibrar a cada temporada. Nesta, por incrível que pareça, o sociopata Dex se apaixona por alguém igual a ele, tendo de enfrentar todos os dilemas que isso traz. Além, é claro, de enfrentar os ciúmes da pentelha da Debra, que agora sabe TUDO.


4. Sherlock: 2ª temporada (BBC, 2010-). Nota IMDB: 9,2. Outra série de poucos episódios (três) por temporada, mas em que cada um é praticamente um filme, com mais de uma hora de duração. É daquelas séries que conseguem trazer um personagem histórico para os tempos atuais sem estragar as investigações originais.


5. Os Pilares da Terra (The Pillars of the Earth), (Starz, 2010). Nota IMDB: 8,1. Apesar da produção soar muito HBO pro meu gosto - aquelas séries que dão a impressão de serem produzida para a TV - fiquei intrigado em conhecer inicialmente o trabalho de Ken Follett pela telinha. Para quem não sabe, ele é um escritor famoso que conseguiu transformar a construção de uma catedral em um livro interessante de cerca de 1000 páginas. Resultado: imitei o George R. R. Martin e comprei o livro para ler também. Em 2013, quero ver a continuação, outra série que se passa 200 anos depois, Mundo Sem Fim. Ah, Pilares também tem uma das aberturas mais bonitas que já vi.

Veja também:
- Top Five 2011: as melhores SÉRIES vistas durante o ano
Postar um comentário