The Following (FOX, 2013-)

Eis que há um novo sopro de vida literária nas séries televisivas, e com Kevin Bacon com ovos encarando de frente (dãr) James Purê-foy. Apontada pelas línguas-assassinas-em-série como sendo a provável substituta para Dexter - que tem a última temporada prevista para 2013 - The Following (literalmente, Os Seguidores) já está no 2º episódio. Eu curti o ritmo intenso a cada episódio e os vislumbres de boas premissas para a 1ª temporada. A impressão ao seguir os episódios é que você está acompanhando um livro policial sendo escrito. É muito bom ver que todo o marketing em cima da série não foi em vão. Aliás, lindões e sinistros os posteres encontrados na net com escritos macabros em rostos de ditas pessoas normais.

Poster: 

Sinopse: 
Um notório assassino em série, Joe Carroll, ex-professor universitário fanático por Edgar Allan Poe, escapa do corredor da morte e começa a matar novamente, o que faz com que o FBI entre em contato com o ex-agente Ryan Hardy para dar consultoria no caso. Aposentado, Hardy foi o responsável por capturar Carroll nove anos antes, portanto, sabe exatamente como o criminoso age, conhecendo-o melhor do que qualquer um. Entretanto, o ex-agente não é a mesma pessoa de anos atrás, já que traz feridas físicas e psicológicas ligadas ao caso. Apesar de seu grande conhecimento, Hardy é visto como um problema para o time encarregado, entre eles os agentes Mike Weston e Jennifer Mason. Mas Hardy prova ser de grande valia quando descobre que Carroll está se comunicando com uma rede de criminosos em todo o mundo. Fica claro que escapar da prisão era apenas o primeiro passo de algo muito maior, envolvendo diversos assassinos desconhecidos. Carroll está focado em terminar aquilo que começou nove anos antes, colocando Hardy como peça importante de seu tabuleiro. Enquanto isso, Hardy terá uma segunda chance de capturar seu grande inimigo, enquanto lida com um culto de serial killers.

Trailer:

Postar um comentário