Quando crescer eu quero ser igual ao meu pai

Madrugada. Ducha fria. Pão com margarina. Café preto quente. Beijo. Beijo. Esposa e filho. Frio. Ônibus lotado. Porcos enlatados. Trânsito. Engarrafamento. Xingamentos. Barbeiragens. Atraso. Gerente nervoso. Último aviso. Cliente chato. Mais um. Outro. Outro. Outroutroutro. Trabalho chato. Vida chata. Meio-dia. Fome. Pê-éfe. Arroz. Feijão. Bife. Ovo. Digestão relâmpago. Fome. Água, muita água. Cliente brigão. Xingamentos. Barraco. Gerente-sorriso. Cliente sempre certo. Gerente-ameaça. Empregado sempre errado. Advertência. Feladaputa. Suspensão. Ônibus lotado. Suor e cecê. Trânsito. Engarrafamento. Cansaço. Beijo. Beijo. Filho e esposa. Porta da geladeira. Contas atrasadas. Água. Energia. Aluguel. Receita médica. Tosse e febre alta. Remédio infantil. Sessenta reais na farmácia. Vinte na carteira. Ducha fria. Janta requentada. Tevê. Notícias. Inflação. Greves. Mensalão. Cachoeira. Milhões de reais. Todos inocentes. Menos eu. Noite abafada. Pernilongos. Sono ruim. Pesadelo. Fim?
Postar um comentário