Aforismos - Julho 2012

Escolha qual você gostou mais. Todos escritos pelo Jefferson Luiz Maleski. Se quiser replicar algum deles, só peço para que mencione a autoria, ok?


Negociem-me tal qual mercadoria, ó governantes capitalistas! Um dia me vingarei: sem garantia e validade, me consumirão e passarão mal.


Meus pais me amam. Sempre pensaram haver tempo para revelarem o quanto. Acabaram o dizendo aqui, nesta lápide.


A vida ainda pode ser do jeito que você sonhava que seria. Se você está vivo, ainda há tempo de se tornar a pessoa que você gostaria de ser.


As pessoas se machucam sozinhas, quem dirá acompanhadas!


Quando eu crescer quero ser do jeito que os outros acham que eu sou.


Valorize os seus defeitos. Alguns deles podem ser o que você tem de melhor.


Enquanto alguns se deprimem mesmo no paraíso eu me divirto até no inferno.


Sou um espécime raro. Só existe um de mim em todo o Universo.


O problema de você querer ostentar a sua inteligência aos outros é eles perceberem que nem mesmo você sabe que não tem nenhuma.


Só os inocentes se apaixonam.


Neste Dia do Amigo, lembre-se: Amigo de verdade, só como eu!


Deixar tudo para a última hora é uma arte cujos brasileiros são os artistas mais expoentes.


O leitor que critica o escritor complementa seu papel, deixa de ser passivo. O escritor que critica o leitor assume que não o valoriza.


Faça aos outros o que gostaria que fizessem contigo nunca deveria ser dito na presença de masoquistas.


Motivos para alguém ser chato: inteligência, azar, desamor, genética, ócio + falta de criatividade. Destes, só o primeiro tipo se diverte.


Árduo é o caminho aonde não existe caminho.


Achava que éramos a lua e a lagoa. Mas o azar fez ela cara e eu coroa.
Postar um comentário