Os Solteirões da Literatura


Em homenagem a este 15 de agosto, Dia dos Solteiros, pedi ajuda a alguns amigos na internet para fazer a lista dos escritores e escritoras famosos que abraçaram - por motivos diversos, claro - a solteirice eterna. Enfim, é uma lista modesta e se alguém quiser contribuir, fique à vontade.
  1. Anne Bronte 
  2. Arthur Rimbaud 
  3. Emily Bronte 
  4. Emily Dickinson 
  5. Franz Kafka 
  6. Federico Garcia Lorca 
  7. Fernando Pessoa:
  8. A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.
  9. Gustave Flaubert 
  10. Jane Austen:
  11. A imaginação de uma senhora é muito rápida; pula da admiração para o amor, e do amor para o matrimônio em um segundo.

    É uma verdade universalmente aceita que um homem solteiro, dotado de uma certa fortuna, precisa de uma esposa.
  12. Lima Barreto 
  13. Manuel Bandeira:
  14. Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma. A alma é que estraga o amor. Só em Deus ela pode encontrar satisfação. Não noutra alma. Só em Deus - ou fora do mundo. As almas são incomunicáveis. Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os corpos se entendem, mas as almas não.
  15. Marcel Proust 
  16. Marie Corelli:
  17. Nunca me casei porque não foi necessário. Tenho três animais em casa que cumprem a função de marido. O cachorro grunhe de manhã, o papagaio pragueja à tarde e o gato chega de madrugada.
  18. Mário de Andrade 
  19. Mário Quintana 
  20. Olavo Bilac
Postar um comentário