Clube dos Anjos: Gula, de Luis Fernando Verissimo

Me impressiona a diversidade com que alguns escritores conseguem juntar vários temas em uma só história. Luis Fernando Verissimo é um destes. Em O Clube dos Anjos: Gula, ele conseguiu escrever uma história encomendada sobre a gula (série Plenos Pecados, da Objetiva, que aborda os 7 pecados capitais), manter o tom de suspense policial, fazer aplicações de o Rei Lear, de Shakespeare, na trama, listar pratos exóticos e comuns e ainda por cima com um tempero característico de humor. Se deixei passar mais algum, me perdoem, mas é que o cara é fera. O livro traz a história do Clube do Picadinho, composto por dez amigos de longa data que se reúnem uma vez por mês na casa de um deles para experiências gastronômicas. Mas, de uma simples associação, as reuniões acabam em tragédia quando em cada jantar um dos integrantes morre, talvez mais por culpa dele que do assassino, já que grande parte das vítimas já sabe que vai morrer. O tom de “próxima vítima” lembra O Caso dos Dez Negrinhos, de Agatha Christie, só que com sabor de prato típico nacional. De brinde, as mirabolantes histórias das xipófagas lésbicas são de fazer a imaginação do leitor (leitor homem principalmente) viajar longe. Só li até agora este livro da série Plenos Pecados, mas pela excelente qualidade da edição, com os primeiros capítulos diferenciados e uma bonita capa, além do conteúdo, é claro, me deixa guloso para degustar os outros.

leitura: Maio de 2009
obra: Clube dos Anjos: Gula, de Luis Fernando Verissimo
edição: 1ª, Plenos Pecados - Objetiva (1998), 130 pgs
compare os preços: Buscapé
Bom



Edit 16.05.2009 ************

Achei um vídeo interessante feito por estudantes com frases do livro do LFV, que consegue passar uma mensagem interessante.

Postar um comentário