Anna Kariênina, de Liev Tolstói


Trechos selecionados:

Todas as famílias felizes se parecem, cada família infeliz é infeliz à sua maneira.

Para ele, todas as moças do mundo se distribuíam em dois tipos: um tipo era o de todas as moças do mundo, exceto ela, e essas moças tinham todas as fraquezas humanas, eram moças muito comuns; o outro tipo era formado só por ela, que não tinha nenhuma fraqueza e se colocava acima de todos os seres humanos.

Ninguém está satisfeito com os bens que possui, mas todos estão satisfeitos com a inteligência que têm.

- Tempo é dinheiro!
- Depende do tempo: há um tempo em que se troca um mês inteiro por uma moedinha de cinquenta e um outro em que não se troca meia hora por dinheiro nenhum no mundo.

Qualquer pessoa que conheça até os mínimos pormenores toda a complexidade das condições que a cercam é levada a supor, de modo involuntário, que a complexidade dessas condições e a dificuldade para encontrar uma solução constituem uma peculiaridade pessoal e fortuita, apenas sua, e nem de longe imagina que os outros estejam também cercados pela complexidade de suas próprias condições pessoais.

Para uma pessoa insatisfeita, é difícil não pôr a culpa nos outros, sobretudo em quem estiver mais perto de tudo aquilo que causa a sua insatisfação.

Se gostamos de uma pessoa, devemos gostar dela por inteiro, como é, e não como gostaríamos que fosse.

Não há situação que uma pessoa não possa habituar-se, sobretudo quando vê que todos à sua volta vivem assim.

A honestidade é apenas uma qualidade negativa.

O respeito foi inventado para encobrir o lugar vazio onde devia estar o amor.

Uma esposa é um transtorno e, se não for esposa, é pior ainda.
Postar um comentário