Os 10 livros mais abandonados pelos brasileiros em 2012

Em dezembro de 2010 escrevi um post com os 10 livros mais abandonados, conforme as estatísticas de cada livro no Skoob. Como tenho consciência de que a lista muda com o tempo, resolvi verificar se as estatísticas se mantiveram ou se entrou algum outro livro amaldiçoado na lista. Os números na frente e as setas ↓ e ↑ indicam quantas posições os livros subiram ou desceram na classificação de 2010 e a de hoje. Para a estatística não ficar injusta, estabeleci como parâmetro listar apenas livros com no mínimo 500 leitores, pois pode influenciar diretamente na porcentagem. Por exemplo, livros com apenas um leitor e um abandono, apesar da porcentagem ficar em 100%, não refletiria a sua posição real por causa de apenas um leitor. As casas decimais acima de 10% foram arredondadas.
  1. 1↑ Atlantis, de David Gibbins: 30% de abandonos;
  2. 1↑ O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder: 21% de abandonos;
  3. 2↑ Bíblia Sagrada, diversos autores: 15% de abandonos;
  4. 2↑ A Divina Comédia, de Dante Alighieri: 16% de abandonos;
  5. 1↓ O Enigma do Quatro, de Ian Caldwell e Dustin Thomason: 14% de abandonos;
  6. 1↑ A Cabana, de William P. Young: 12% de abandonos;
  7. 1↑ Memorial do Convento, de José Saramago: 12% de abandonos;
  8. 2↑ A Menina que Roubava Livros, de Markus Suzak: 10% de abandonos;
  9. [novo] O Nome da Rosa, de Humberto Eco: 10% de abandonos;
  10. [novo] O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë: 9,39% de abandonos;
Com base nos meus critérios de "justiça" para com os livros, de um número mínimo de leitores, tive de reitrar o 1º colocado da lista anterior, o Ulisses, de James Joyce, pois não atingiu o número mínimo de leitores (apenas 401 o leram), o que talvez mude em breve (111 o estão lendo) devido ao lançamento recente da nova tradução Cia das Letras/Penguin. Também não consegui encontrar nenhum livro brasileiro acima dos 9% de abandono. Outro dado interessante: os livros mais lidos (a maioria bestsellers), apesar de uma quantidade enorme de abandonos em número, são os com menor porcentagem, ficando abaixo dos 4%. Me parece que os 4% está sendo uma porcentagem ideal de abandono para qualquer livro.

Alguns livros que poderão entrar na lista logo logo são: Ulisses, de James Joyce (41% de 401 leitores); Minha Luta, de Adolf Hitler (22% de 436 leitores); Notícia de um Sequestro, de Gabriel García Márquez (9,27% de 550 leitores); As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis (9,12% de 21,042 leitores).

E você, conhece algum livro que poderia entrar fácil no WORST10, com mais de 500 leitores e acima dos 9% de rejeição? Basta se lembrar de qual foi o pior livro que você leu e falar o título e autor que pesquiso e faço as contas rapidinho.
Postar um comentário