O amor é outra coisa (Autoria Anônima)



O amor não retribui as suas declarações.
O nome disso é restituição de Imposto de Renda.
O amor é outra coisa.

O amor não é algo que faz tudo fluir melhor por dentro.
O nome disso é Activia.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz sentir mais alegre, risonho e ligeiramente desorientado.
O nome disso é cerveja.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz ficar simpático e amoroso de repente.
O nome disso é Natal.
O amor é outra coisa.

O amor não faz ver borboletas coloridas, flores e sentir uma brisa que não parece existir.
O nome disso é LSD.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa molinho e manhoso.
O nome disso é Rivotril.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te leva para as nuvens.
O nome disso é avião.
O amor é outra coisa.

O amor não te dá a chance de mudar o que está diante de você.
O nome disso é controle remoto.
O amor é outra coisa.

O amor não te pega desprevenido e te impulsiona para frente.
O nome disso é topada.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa amarrado a uma pessoa.
O nome disso é macumba.
O amor é outra coisa.

O amor não é fogo que arde sem se ver.
O nome disso é câimbra.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz esquecer de tudo, não te deixa confuso ou desorientado.
O nome disso é Alzheimer.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa saltitante.
O nome disso é cama elástica.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa completamente feliz.
O nome disso é Prozac.
O amor é outra coisa.

O amor não te liberta.
O nome disso é Alvará de Soltura.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz ver tudo com outros olhos.
O nome disso é transplante de córnea.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz esquecer-se de tudo mais.
O nome disso é Mal de Alzheimer.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquela coisa brega que mexe com você.
O nome disso é Banda Calypso.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz acreditar em falsas promessas.
O nome disso é campanha eleitoral.
O amor é outra coisa.

O amor não te dá dor de cabeça e te faz ficar de cama remoendo os acontecimentos do dia anterior.
O nome disso é ressaca.
O amor é outra coisa.

O amor não te dá uma vontade imensa de casar.
O nome disso é noitada em Las Vegas.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa sem fome.
O nome disso é comer demais.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa à mercê da vontade alheia.
O nome disso é Boa Noite Cinderela.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te deixa imune a tudo, sem sentir dor alguma.
O nome disso é Hanseníase.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz sentir borboletas no estômago.
O nome disso é comer alimentos com larvas.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz ver o mundo cor-de-rosa.
O nome disso é óculos de Parada Gay.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquele sentimento que te deixa em casa pensativo e choroso.
O nome disso é depressão.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te deixa distraído.
O nome disso é DDA.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz perder a articulação das palavras de repente.
O nome disso é AVC.
O amor é outra coisa.

O amor não tira todas as suas defesas.
O nome disso é HIV.
O amor é outra coisa.

O amor não faz o coração bater mais rápido.
O nome disso é arritmia.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa paranoico nem provoca flashbacks.
O nome disso é ecstasy.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te impede de dormir, deixando sua mente ligada e pensando em todos os detalhes.
O nome disso é cafeína.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa completamente imóvel.
O nome disso é trânsito de São Paulo.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa quente e te leva pra cama.
O nome disso é dengue.
O amor é outra coisa.

O amor não faz seu mundo girar sem parar.
O nome disso é labirintite.
O amor é outra coisa.

O amor não leva teu café da manhã na cama e ainda dá na boquinha.
O nome disso é enfermeira.
O amor é outra coisa.

O amor não te faz olhar para o céu e ver tudo colorido.
O nome disso é queima de fogos de artifício.
O amor é outra coisa.

O amor não faz você dar suspiros.
O nome disso é dia de Cosme e Damião.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa com aquele friozinho na barriga.
O nome disso é Montanha Russa com looping.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa indisposto, pálido e desanimado perante a vida.
O nome disso é Febre Amarela.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa temporariamente cego.
O nome disso é spray de pimenta.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te deixa sem chão.
O nome disse é buraco no escuro.
O amor é outra coisa.

O amor não faz brotar uma nova pessoa dentro de você.
O nome disso é gravidez.
O amor é outra coisa.

O amor não emagrece, deixa você mais quente ou vermelho.
O nome disso é gripe.
O amor é outra coisa.

O amor não é aquilo que te faz ouvir sempre as mesmas coisas, com a mesma voz, a qualquer momento do dia.
O nome disso é horário político.
O amor é outra coisa.

O amor não é um contentamento descontente.
O nome disso é bipolaridade.
O amor é outra coisa.

O amor não te deixa atordoado, sem conseguir ouvir o que os outros dizem e louco de vontade de pular no pescoço de alguém.
O nome disso é fanqueiros dentro do ônibus.
O amor é outra coisa.

O amor não toma o seu espaço e diz que é dele.
O nome disso é MST.
O amor é outra coisa.

O amor não é algo q vai crescendo, crescendo e te absorvendo.
O nome disso é Tampax.
O amor é outra coisa.
Postar um comentário