Édipo Rei / Édipo em Colono / Antígona, de Sófocles


Amor, invicto no combate, Amor
dissipador de todas as riquezas,
que após vaguear nos mares e em recônditos
esconderijos afinal repousas
no doce rosto das moças em flor!
Nenhum dos imortais pode evitar-te
nenhum dos homens de existência efêmera;
e perde logo o senso quem te encontra.
Até os justos forças à injustiça,
desnorteando-lhe o pensamento,
e levas a essas lutas pais e filhos.
Venceu o claro olhar da noiva bela,
inspirador desse desejo igual
às majestosas leis da natureza,
joguete de Afrodite irresistível.

Há muitas maravilhas, mas nenhuma é tão maravilhosa quanto o homem.

Não é possível conhecer perfeitamente um homem e o que vai no fundo de sua alma, seus sentimentos e seus pensamentos mesmos, antes de o vermos no exercício do poder, senhor das leis.

***

O fraco vence o forte quando a causa é justa.

***

Quando não compreendo, silencio.

Sou livre; trago em mim a impávida verdade!

A ação mais nobre de um homem é ser útil aos seus semelhantes até o limite máximo de suas forças.
Postar um comentário