Dias em homenagem ao leitor, livro, literatura infatil etc.


Para aqueles que não conhecem o calendário das homenagens nacionais e internacionais à literatura e a tudo relacionado a ela, lembrando a sua importância para o desenvolvimento da humanidade, as minhas pesquisas na internet retornaram as datas, os motivos e os homenageados abaixo. Faltou alguma? Tem algo errado na lista? Sinta-se à vontade para indicar as suas sugestões comentando o post.
  • 7 de janeiro - Dia do Leitor. A data foi criada pelo diário O Povo, de Fortaleza (CE), que também foi criado nesta data em 1928, e já é comemorada em todo o país. O 7 seria uma referência simbólica aos sete dias da semana em que o leitor estaria acompanhando um jornal.
  • 8 de janeiro - Dia Mundial da Literatura.
  • 7 de fevereiro - Dia do Gráfico.
  • 2 de março - Dia Mundial do Livro. Comemorado somente na Inglaterra e Irlanda, no restante do mundo é o dia 23 de abril. (Fonte)
  • 12 de março - Dia do Bibliotecário.
  • 14 de março - Dia Nacional da Poesia. Em homenagem ao aniversário de nascimento do poeta Castro Alves (1847).
  • 14 de março - Dia do Vendedor de Livros.
  • 20 de março - Dia do Contador de Histórias.
  • 21 de março - Dia Mundial da Poesia. Criado pela Unesco para o incentivo e desenvolvimento da poesia regional, nacional e internacional.
  • 25 de março - Dia de Ler Tolkien.  Data comemorativa instituída pela Tolkien Society, da Inglaterra, em 2003, convidando todas as pessoas para desfrutar as obras de J.R.R. Tolkien. A data marca a Queda de Sauron e o fim da Guerra do Anel.
  • 28 de março - Dia do Diagramador.
  • 28 de março - Dia do Revisor.
  • 02 de abril - Dia Mundial da Literatura Infanto-juvenil. Comemora-se em homenagem ao nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Anderson (1805-1875), considerado um dos maiores escritores infantis, e que publicou os livros “A Rainha das Neves”, “A Sereiazinha”, “O Patinho Feio”, entre outros.
  • 18 de abril - Dia Nacional do Livro Infantil.  A data foi criada em homenagem ao aniversário de nascimento do escritor e editor Monteiro Lobato (1882), considerado o pai da literatura infantil no Brasil. Monteiro Lobato foi o primeiro autor brasileiro de literatura infantil, já que todos os livros infantis até aquele ponto eram traduzidos de outras línguas.
  • 23 de abril - Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor. Instituido pela Unesco em 1996, a escolha do dia deve-se ao fato que vários escritores consagrados, como Miguel de Cervantes, William Shakespeare, Vladimir Nabokov e Josep Pla, teriam nascido ou morrido nesta data. 
  • 01 de maio - Dia da Literatura Brasileira. Lembrada em homenagem ao aniversário de nascimento do escritor José de Alencar.
  • 10 de junho - Dia da Língua Portuguesa.
  • 21 de junho - Dia do Intelectual.
  • 20 a 28 de Julho - Semana do Livro Nacional. Criada em 2013 para divulgar e promover autores e livros contemporâneos nacionais, com eventos em diversas cidades do país. Também são feitos vários descontos e promoções.
  • 25 de julho - Dia Nacional do Escritor.
  • 30 de setembro - Dia Internacional da Tradução e do Tradutor. Celebra-se no dia em que faleceu, em 419 ou 420, São Jerónimo, conhecido como tradutor da Bíblia do grego antigo e do hebraico para o latim (a Vulgata), considerado tradicionalmente o santo padroeiro dos tradutores. A ideia de uma comemoração oficial foi proposta em 1991 pela Federação Internacional de Tradutores (FIT), e tem como objetivo mostrar a solidariedade da comunidade de tradutores em todo o mundo num esforço para promover internacionalmente a sua profissão. (Fonte)
  • 13 de outubro - Dia Mundial do Escritor.
  • 20 de outubro - Dia Nacional do Poeta. Criado pelo Decreto-Lei nº. 66, de1978, pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.
  • 29 de outubro - Dia Nacional do Livro. Escolhido em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional, ocorrida em 1810, quando a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil.
  • 5 de novembro - Dia Nacional da Cultura Brasileira. Inspirado na data de nascimento de Ruy Barbosa (1849-1923), a data foi institucionalizada em 15 de maio de 1970 com a Lei nº 5.579 e tem como objetivo estimular a produção de conhecimento científico e expressões culturais em todo o país. Ruy Barbosa foi jornalista, político e jurista, além de membro fundador da Academia Brasileira de Letras. (Fonte)
Postar um comentário